Arquivo de etiquetas: sintomas

5 Sintomas Físicos Do Stress

O Stress é uma das doenças da atualidade, embora muitas vezes seja desvalorizado. A verdade é que tem diversas consequeências no nosso organismo.

  1.  Olheiras e papos: um ds princiapis sintomas a surgirr. Geralmente o stress influência a qualidade do sono e as olheiras vão surgindo devido às noites aml dormidas.
  2. Rugas: As quebras de estrogénio e a influência dos niveis mais altos de cortisol (Hormona do stress)  alteram a reneração da pele, provocando rugas.
  3. Queda de Cabelo: O stress constante aumenta o número de cabelos que caem por dia, principalmente nos homens.
  4. Acne: O stress pode voltar a trazer aos adultos um dos principais problemas da adolescência!
  5. Dor na madíbula: a tensãp constante faz-nos cerrar constantemente os maxilares provocando dor e desconforto.

O Gene que Causa Depressão

Uma longa pesquisa realizada através de computadores e modelos matemáticos de análise genética revelou que pode haver um gene responsável pelo aparecimento ou propensão para a depressão.

Depois desta descoberta podem ser investigados novos medicamentos que tentem colmatar esta alterações genética.

Esta investigação foca também a questão de o stress e os fatores ambientais poderem potenciar a expressão deste gene e por isso os sintomas têm caracteristicas e intensidades diferentes.

Segundo a Organização Mundial de Saúde existem cerca de 350 milhões de pessoas afetadas pela depressão e muitas vezes o diagnóstico não é feito atempadamente.

Bournout ou Depressão?

Muitas vezes confundidos, o bournout e a depressão efetam as pessoas de formas diferentes.

O bournout geralment surge sem a existência de uma depressão prévia mas quando não é tratado pode mesmo originar uma depressão.

O  burnout é causado por uma exaustão/stress profissional e, uma vez retirada da situação que lhe provoca essa exaustão/stress, a pessoa melhora significativamente e recupera. No caso da depressão é difícil encontrar um único motivo que dá origem aos sintomas.

Os sintomas muitas vezes são semelhantes: ansiedade, tristeza, apatia, isolamento social, aumneto da agressividade, etc. No entanto, é fundamental perceber qual é a patologia que origina os sintomas de forma a ser tratado da forma mais indicada.

Compreender o Ataque de Pânico

A maioria da população ja experienciou ou irá experiênciar em alguma altura da sua vida um ataque de pânico. É fundamental entendermos o que se passa durante um ataque de pânico para este não criar receios futuros.

O ataque de pânico é originado por um aumento severo  e repentino dos níveis de ansiedade, o que dá inicio a uma cadeia de sintomas muito desconfortáveis:  batimento cardíaco muito acelerado, tonturas, suores, aumento da temperatura corporal, tremores, dormências em algumas zonas do corpo, vertigens, sensação de desmaio, ou sensação de que se está “desligado” do mundo real.

Apesar do pico de atque de pânico durar  em média 10 minutos, a percepção do tempo é alterada e parece que dura muito mais tempo.

Apesar dos ataques de pânico serem inofencivos para a saúde, é frequente as pessoas sentirem muito medo de sofrerem um ataque cardíaco ou de perderem o controlo.

Depois do primeiro ataque de pânico é muito frequênte que a pessoa tenha medo que se volta a repetir, ficando muito atenta a qualquer mudança na reação corporal. Isto cria um ciclo pois o próprio medo pode dar origem a um novo ataque de pânico.

É aqui que se tem de quebrar o ciclo. é fundamental mentalizarmo-nos que o ataque de pânico não representa perigo nenhum para a nossa saúde: não vamos morrer, não vamos perder o controlo. Temos simplesmente de deixar passar e não viver a receá-lo.

 

5 Coisas que Só os Ansiosos Entendem!

Sofre de Ansiedade? Pois então vai-se entender perfeitamente este artigo. Muitas vezes as pessoas que sofrem de ansiedade sentem-se exclúidos porque existem determinados comportamentos que as outras pessoas não conseguem compreender:

  1. Falta de paciência: as pessoas que sofrem de ansiedade têm muito menos paciência para as situações com que temos de nos deparar no dia a dia. Uma simples viagem de transportes públicos pode- se tornar numa tortura pois parace sempre que demora mais tempo.
  2. Preocupação: situações simples, como ir ao médico ou ao dentista, podem provocar muito preocupação e aumentar ainda mais os níveis de ansiedade.
  3. Esperar por respostas: pode ser simplesmente insuportável esperar por respostas de outra pessoa, mesmo que estas não impliquem várias mudanças
  4. Listas: o medo de nãpo conseguir organizar todos os compromissos  faz com que as pessoas ansiosas façam listas constantemente. Por outro lado as listas ajudam a reduzir a ansiedade.
  5. Imprevistos: As pessoas que sofrem com ansiedade não lidam nada bem com emprevistos! Podem despelotar crises de ansiedade nos momentos menos oportunos.

Como Lidar com a Depressão do Parceiro?

A depressão pode abalar o equilibrio de qualquer relação. é fundamental sabermos a melhor forma de ajudar quando a pessoa que amamos está deprimida.

  • Não tentar arranjar culpados para a depressão. A depressão não é culpa de quem sofre dela nem da pessoa que está ao lado.
  • Procurar apoio especializado para o companheiro mas também para si se for necessário.
  • Planear os dias e as atividades em conjunto, tentando ver um futuro melhor
  • Mesmo que a outra pessoa não esteja bem é fundamental que mantenha a sua saúde bem tratada, com alimentação correta e exercício físico.
  • Não se afastem do grupo de amigos. Eles podem ajudar.
  • Reconhecer a depressão não vai passar de um dia para o outro.

 

Sinais de que Anda Demasiado Ansioso

A ansiedade pode consumir-nos e tornar a nossa vida insopurtável. Existem alguns sinais que nos indicam que a ansiedade nos está a prejudicar muito e que precisamos de pedir ajuda com urgência:

  • Aparecimento de urticária: o stress pode provocar irritações na pele
  • Dores de cabeça constantes: é um sintoma de niveis de ansiedade demasiado altos.
  • Indigestão: o stess altera o funcionamento do nosso sistema digestivo
  • Desidratação: sintomas como boca seca ou urina muito escura podem indicar desidratação provocada pelo stress
  • Tensão muscular: quando o stress é demasiado elevado  formam-se contraturas musculares que são dolorosas
  • Pesadelos ansiosos: aqueles sonhos em que acorda  muito nervoso são um reflexo do stress do dia-a-dia.

Depressão no Masculino

Embora a depressão seja fortemente associada ao sexo feminimo e verdade é que ela também afeta muitos homens.

Apesar dos sintomas serem semelhantes eles são descritos de forma diferente pelos dois genéros. O mais comum é que os homens tentem ignorar os sintomas e não falem deles.

Os sintomas mais referidos pelos homens são:

  • Cansaço constante
  • Problemas de sono
  • Dores musculares, principalmente no pescoço e costas
  • Comportamento hostil para com os outros
  • Ansiedade e ataques de pânico
  • Agressividade e comportamentos de risco.
  • Disfunçaõ sexual

Embora os homens tendam a ignorar estes sintomas para não se sentirem “fracos”, a verdade é que o tratamento é fundamental para uma recuperação total. Também é fundamental que as pessoas mais proximas estejam atentas a alterações no comportamento e atuem perante estas,

O Que Dizer a Uma Pessoa com Depressão

Ter alguem que nós gostamos a sofrer de depressão não é fácil. Muitas vezes não sabemos como lidar com esse facto, não sabemos o que dizer ou o que fazer.

Embora a pessoa esteja muito mais sensível e posso reagir mal a certas afirmação, é fundamental mostrar-mos a nossa presença e o nosso apoio . Basta um “estou aqui para ti” para demosntrar isto.

Por outro lado ás vezes é necessário tentar incentivar a pessoa a sair de casa, a voltar a conviver, mas isto deve ser feito de forma gradual e o ideal é escolher atividades que lhe agradem.

Por último é fundamental mostar-mos empatia, isto é “eu não sei exatamente o que estás a sentir, mas consigo perceber que está a ser difícil e posso tentar ajudar”

Factos Desconhecidos sobre a Depressão

Todos nós sabemos que a depressão é uma doença mental caracterizada por tristeza profunda, perda de intressa e falta de energia. Mas há muito que não sabemos acerca de depressão:

  1. A depressão é também uma doença física: pode menisfestar-se por sintomas como dores de cabeça e casaço extremo.
  2. A depressão e das doenças mais comuns: cerca de 350 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem desta doença.
  3. A depressão pode ser genética: vários estudos indicam que há uma predisposição genética para sofrer de depressão.
  4. Muitas pessoas optam por esconder a depressão: tudo se deve ao estigma que foi criado na sociedade