Arquivo de etiquetas: manias

Transtorno Bipolar Fases

O transtorno bipolar é também conhecido como doença maníaco-depressiva, pois geralmente existem alterações bruscas do humor das pessoas, alternando fases depressivas com fases maníacas (felicidade extrema).

Existem alguns sintomas que caracterizam acada uma destas fases:

Fase Depressiva

  • Tristeza constante
  • Incapacidade de tomar decisões
  • Dificuldade em concentrar-se
  • Cansaço
  • Sensação de desespero e culpa
  • Perda de auto-estima
  • Pensamentos relacionados com a morte
  • Alterações do sono
  • Afastamento social

Fase Maníaca

  • Alegria quase irreal
  • Discurso acelarado e pouco coerente
  • Comportamento imprudente
  • Desinibição Social
  • Pouca necessidade de comer e dormir

 

Transtorno Obsessivo Compulsivo Sintomas

A Perturbação Obsessivo Compulsiva trata-se de uma patologia psiquiátrica em que o doente tem constantemente pensamentos obsessivos e comportamentos compulsivos

Para explicar de uma forma mais simples ficam aqui exemplos de alguns sintomas desta doença:

  • Lavar as mãos repetidamente e ter necessidade de ter o espaço que o rodeia extremamente limpo, devido a um medo irracional de contaminação por germes
  • Verificar várias vezes se a porta está trancada ou o gás está fechado, se não o fizer  fica com uma ansiedade descontrolada porque pode acontecer algum tipo de desastre
  • Comportamentos compulsivos religiosos, como por exemplo não ser capaz de comer sem antes benzer a refeição
  • Comportamentos de contagem repetidas, não sendo capaz de os evitar
  • Atos de agressão devidos a pensamentos negativos constantes.

Apesar de o obsessivo compulsivo ter a noção de que muitos dos seus comportamentos são estranhos e não fazem sentido, não os consegue evitar de nenhuma forma o que transtorna muito a sua vida.

Esta doença geralmente é diagnosticada no fim da adolescência, por volta dos 20 anos e afeta 2 em cada 100 pessoas. O tratamento desta doença através de medicação adequada ajuda a que os sintomas se mantenham controlados, melhorando a qualidade de vida dos doentes.

Outra das opções de tratamento é a psicoterapia, de forma a ajudar o doente a entender a causa dos pensamentos e a conseguir lidar da melhor forma com eles.

Muitas das pessoas que sofrem desta doença, apresentam também sintomas de ansiedade, fobia social, depressão e ataques de pânico. Deve consultar um psiquiatra e descrever os seus sintomas para que seja diagnosticado da forma mais correta.