Arquivo da Categoria: Relaxamento

5 Estratégias para Controlar a Ansiedade

No dia-a-dia podemos adoptar várias estratégias para controlar a ansiedade. Conheça algumas:

  • Tenha sempre consigo uma agenda (em pepel ou no telémovel). A organização ajuda a diminuir a ansiedade
  • Faça caminhadas ao fim do dia, de preferência em parques com bastante vegetação e tranquilos.
  • Beba água ao longo de todo o dia, evitando os efeitos nosivos do cortisol.
  • Não veja televisão até tarde, a luz emitida pelos ecras influencia a produçaõ de hormonas e a qualidade do sono.
  • De manha, levante-se mais cedo para evitar o stress e a correria no incicio do dia.

Como fugir ao Pânico

Para quem sofre de ataques de pânico, tudo o que queremos é evitar estes momentos ou fazer com que passem rápidamente.

Já aqui falamos das técnicas respiratórias e estas podem ser muito eficazes, mas existem também outras estratégias:

  • Passar um cubo de gelo por baixo dos olhos – vai criar desconforto e ativar o sistema parassimpático, diminuindo os sintomas de pânico
  • Abstração: é preciso algum treino, mas pode ser muito eficaz. Trata-se de mentalmente colocarmo-nos noutro local ou situação, evitando aquilo que nos está a procvocar o pânico.
  • Partilha: em situação em que habitualmente sofre de ataques de pânico (por exemplo locais com muitas pessoas), procure fazer-se acompanhar por algém com quem se sinta avontade e que saiba o que fazer se tal acontecer. Isto vai deixa-lo muito mais tranquilo

Técnica Respiratória para Relaxar

Todos nos sabemos que o controlo da respiração é fundamental para para conseguirmos minimizar os efeitos da ansiedade. Conheça uma técnica bastante eficaz quando não estamos a conseguir controlar a ansiedade

  1. Pressione a língua contra a parte de trás dos dentes e feche a boca
  2. Inspire pelo nariz durante quatro segundo
  3. Sustenha a respiração durante sete sengundos
  4. Depois expire todo o ar contando até oito
  5. Repita esta técnica 3 vezes num loal calmo

Comece a Dormir Melhor!

O sono é um dos principais fatores que afeta o nosso bem estar psicológico! Além disso o nosso desempenho e a nossa saúde fisica também são afetadas pela qualidade do sono.

Ficam aqui algumas dicas fundamentais para dormir melhor!

  • Crie uma rotina que lhe permita deitar-se e acordar sempre a mesma hora.
  • Se se for deitar e não conseguir adormecer, não pense demasiado nisso, simplesmente relaxe e deixe-se estar a descansar.
  • Descubra o que mais o relaxa antes de ir dormir: ler, beber algo quente ou conversar um pouco.
  • Não faça refeições pesadas depois das 18 e restrinja a ingestão de liquidos a partir dessa hora.
  • Nunca adormeça com a televisão ligada!

10 Músicas para Reduzir a Ansiedade

A ciência já provou que há realmente músicas capazes de reduzir a anasiedade.

Aqui fica uma playlist de 10 músicas para ouvir nos momentos de maior ansiedade:

  1. Wightless – Arconi Union
  2. Mellomaniac – Chill Out Mix (DJ Shah);
  3. Watermark – Enya;
  4. Strawberry Swing – Coldplay;
  5. Please Don’t Go – Barcelona;
  6. Pure Shores – All Saints;
  7. Someone Like You – Adele;
  8. Canzonetta Sull’aria – Mozart;
  9. We Can Fly – Café Del Mare
  10. Electra – Airstream

Ter Animais Reduz a Ansiedade

Ter um animal de estimação pode realmente mudar a sua vida para melhor!

O facto de os animais de estimação estarem sempre prontos para dar carinho, assim como recebê-los pode trazer muita felicidade a uma casa e há estudos que comprovam que ajudam a diminuir o stress.

A presença de animais de estimação pode ajudar a diminuir os níveis de cortisol (hormona do stress) , fazendo assim com que se sinta melhor.

Os animais de estimação ajudam a relaxar e podem mesmo baixar os níveis de pressão arterial.

Apesar de requererem algum trabalho e disponibilidade as recompensas que nos dão em termos de saúde e felicidade são imensas!

Sinais de que Anda Demasiado Ansioso

A ansiedade pode consumir-nos e tornar a nossa vida insopurtável. Existem alguns sinais que nos indicam que a ansiedade nos está a prejudicar muito e que precisamos de pedir ajuda com urgência:

  • Aparecimento de urticária: o stress pode provocar irritações na pele
  • Dores de cabeça constantes: é um sintoma de niveis de ansiedade demasiado altos.
  • Indigestão: o stess altera o funcionamento do nosso sistema digestivo
  • Desidratação: sintomas como boca seca ou urina muito escura podem indicar desidratação provocada pelo stress
  • Tensão muscular: quando o stress é demasiado elevado  formam-se contraturas musculares que são dolorosas
  • Pesadelos ansiosos: aqueles sonhos em que acorda  muito nervoso são um reflexo do stress do dia-a-dia.

O que é o Biofeedback?

O Biofeedback é uma técnica muito utilizada em psicologia e associa a cada reação emocional uma reação fisiológica no nosso corpo ou cérebro.

O objectivo é, percebendo esta ligação, conseguir controlar as reações corporais alterando o nosso comportamento emocional.

Geralmente nas consultas de psicoterapia este método é utilizado em tempo real, sendo que a pessoa pode ser as alterações fisiológicas por exemplo através da avaliação da frequência cardíaca ou respiratória

Através dete método a pessoa fica com uma maior consciência de como as suas emoções e comportamentos alteram o funcionamento do corpo, e este facto pode ser trabalhado para obter um maior bem-estar.

Mindfulness no Dia a Dia

Já falamos aqui no Mindfulness e nas suas vantagens. Hoje abordamos algumas estratégias que permitam trazer para o nosso quotidiano alguns dos fundamentos do mindfulness, permitindo-nos uma vida mais calma e relaxada. Ficam aqui algumas sugestões:

  1. Postura imparcial: procure não se julgar a si mesmo nem aos outros, veja tudo de uma perspectiva mais distante.
  2. Novas possibilidades: não diga “não consigo”, esteja aberto a sugestões e novas caminhos.
  3. Confie: principalmente em si mesmo e nas suas capacidades
  4. Paciência: deixe as coisas acontecer ao seu ritmo, não apresse a sua vida
  5. Aceite: muitas coisas não acontecem como nós queremos, aceite esse facto e tente encontrar outras estratégias.
  6. Seja generoso: dar aos outros algo que eles precisem pode fazer-nos muito felizes!

Como Combater a Falta de Energia

Muitas vezes os nossos dias são uma sucessão de rotinas quase inalteráveis que nos deixam desanimados e sem energia. O cansaço do trabalho, o stress do dia a dia e as dificuldades que a vida acarreta por vezes leva a um estado de espirito deprimido, que não só afeta a própria pessoa como também todos os que a  rodeiam.

Quantas vezes acordamos de manhã e já nos sentimos cansados e sem energia ou vontade para enfrentar um novo dia? Pois, está na hora de mudar! Ficam aqui algumas dicas que lhe vão permitir acordar mais bem disposto e ter mais energia durante o dia:

  • Tudo começa com uma boa noite de sono. Procure dormir pelo menos 7 horas por noite de sono com qualidade, ou seja, sem distrações, sem demasiado barulho ou luminusidade e, mais importante que tudo, com o conforto que necessitar.
  • Ao acordar, procure selecionar um despertador que acorde de forma lenta e pacífica. Já existem algumas aplicações para telemóveis bastante eficientes.
  • Deve ingerir um pequeno almoço bastante completo, pois é a sua fonte de energia logo de manhã. Reserve algum tempo para comer esta refeição com calma.
  • Evite bebidas “energéticas“. Emboara a sua fiunção seja aumentar a sua energia e mantê-lo mais “acordade”, este processo é artificial e pode prejudicálo. Opte pelas tisanas, como o ginseng. É fundamental manter-se bem hidratado.
  • Coma pouco de cada vez, mas várias vezes ao dia. Pode parecer muito repetitivo, mas o facto de comer de 2 em 2 horas por exemplo evita quebras de nergia e faz com que se sinta melhor.
  • Não pode dispensar o exercicio físico! Apesar de poder pensar que só se vai sentir mais cansado, isto não é verdade. O exercício físico é revitalizante e estimula a produção de hormonas que contribuem para a sensação de bem-estar.
  • Reserve sempre um tempo ao fim do dia para uma atividade que lhe agrade. Assim, tem pelo menos alguma coisa pela qual ansiar durante o dia, o que o vai afzer sentir menos aborrecido e desmotivado.