Arquivo mensal: Outubro 2016

Hipotiroidismo e Depressão

O relação entre o hipotiroidismo e a depressão vem comprovar que, por vezes,  a depressão pode ter causas físicas que devem ser avaliadas e tratadas adequadamente.

O facto da tiróide não conseguir produzir hormonas em quantidade suficiente pode originar sintomas depressivos ou piorara depressões já existentes.

Particularmente nas mulheres, que são mais propensas a problemas na tiroide, deve ser pedido um controlo analítico quando surgem sintomas depressivos ou ansiosos.

Nestes casos o tratamento com antidepressivos deve ser complementado com medicação que compensa o mau-funcionamento da tiroide.

Como Lidar com a Depressão do Parceiro?

A depressão pode abalar o equilibrio de qualquer relação. é fundamental sabermos a melhor forma de ajudar quando a pessoa que amamos está deprimida.

  • Não tentar arranjar culpados para a depressão. A depressão não é culpa de quem sofre dela nem da pessoa que está ao lado.
  • Procurar apoio especializado para o companheiro mas também para si se for necessário.
  • Planear os dias e as atividades em conjunto, tentando ver um futuro melhor
  • Mesmo que a outra pessoa não esteja bem é fundamental que mantenha a sua saúde bem tratada, com alimentação correta e exercício físico.
  • Não se afastem do grupo de amigos. Eles podem ajudar.
  • Reconhecer a depressão não vai passar de um dia para o outro.

 

Contracepção Hormonal e Depressão

Alguns estudos recentes estabeleceram uma relação entre o uso de contracepção hormonal e a tendência para a depressão.

As mulher que usam os selos transdérmicos como forma de contracepção têm cerca de 70% de possibilidades de vir a sofrer de depressão.  Entre 40% a 60% das mulher que usam o DIU (dispositico intra-uterino) tomam também medicamentos antidepressivos.

Quanto à pílula (o contraceptivo mais utilizado) foi demonstrado que cerca de 23% das mulheres que tomam esta medicação têm probabilidade de também tomar antidepressivos. Esta tendência agrava-se em mulheres mais jovens

 

Ter Animais Reduz a Ansiedade

Ter um animal de estimação pode realmente mudar a sua vida para melhor!

O facto de os animais de estimação estarem sempre prontos para dar carinho, assim como recebê-los pode trazer muita felicidade a uma casa e há estudos que comprovam que ajudam a diminuir o stress.

A presença de animais de estimação pode ajudar a diminuir os níveis de cortisol (hormona do stress) , fazendo assim com que se sinta melhor.

Os animais de estimação ajudam a relaxar e podem mesmo baixar os níveis de pressão arterial.

Apesar de requererem algum trabalho e disponibilidade as recompensas que nos dão em termos de saúde e felicidade são imensas!