Sonolência excessiva

Um dos principais sintomas referidos pelas pessoas que sofrem de ansiedade é o cansaço ao acordar. O que acontece é que o stress provoca a libertação de uma grande quantidade de hormonas (cortisol e noroadrenalina) no nosso organismo, o que impede um sono reparador.

O facto de a pessoa já acordar cansada gera a sensação de fadiga constante, que muitas vezes leva a uma sonolência excessiva durante o dia. No fundo, o organismo nunca consegue descansar e chega a um ponto que tenta forçar essse descanso, fazendo com que a pessoa sinta uma sonolência diuna excessiva

Por outro lado, também a medicação utilizada para o tratamento da ansiedade, nomeadamente os ansiolíticos, podem  povocar sonolência diurna dependendo das horas a que são tomados e das respetivas dosagens.

O cansaço físico e mental constante provocado pela ansiedade é completamente desgastante e torna difícil a vida pessoal e profissional. As tarefas laborais ou mesmo os momentos de lazer com a família e amigos deixam de se tornar prazerosos devido ao cansaço e à falta de motivação.

Ficam aqui algumas dicas uteis para ajudar a combater o cansaço e a sonolência diurna:

  • Não se refugie nas bebidas com cafeína para se manter disperto e atento. Estas bebidas só vão aumentar o sue nível de ansiedade.
  • Praticar exercício físico é fundamental. Ajuda  a controlar as hormonas e a melhorar a qualidade do sono. No entanto, não deve ser praticado nas duas horas que antecedem a hora a que se vai deitar.
  • Mantenha-se hidratado, podendo apostar no consumo de chás calmantes ao longo do dia.
  • Evite refeições pesadas à hora do almoço: Se comer uma refeição pesada e em seguida for trabalhar vai inevitávelmente sentir sonolência.
  • Procure melhorar a qualidade do seu sono durante a noite: evite os estímulos no seu quarto (como a televisão ou o telémovel) e crie rotinas de sono adequadas.
  • Divirta-se: a diversão e a alegria proporcionados por momentos felizes ajudam a que se sinta melhor e que deixe de lado as principais preocupações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *