Sintomas de Abstenção de Ansiolitícos

Os ansiolíticos, ou calmantes,  são os medicamentos utilizados para tratar patologias que envolvam ansiedade ou privação de sono. Os mais utilizados são o Diazepam (valium), Alprazolam (Xanax), o Bromaxepam (bromalex), entre outros.  Apesar de muito úteis estes medicamentos devem ser prescritos de forma cuidadosa por parte dos médicos, pois um dos seus principais efeitos secundários é a habituação.

Muitas vezes a pessoa sente que está a ficar “viciada na medicação” e tenta reduzi-la ou deixar-la de forma abrupta. Isto é a pior coisa que pode fazer! Vai sofrer diversos efeitos de abstinência da medicação o que vai fazer com que tenha de voltar a tomar a medicação e possivelmente uma dose superior à que estava a tomar.

Se pretender deixar os calmantes que está a tomar deve consultar o seu médico. Nunca aceite fazer uma redução muito abrupta! Esta redução deve durar meses e ser muito gradual, para que os sintomas de abstinência sejam reduzidos.

Os principais sintomas de abstenção de ansioliticos são:

  • Ansiedade extrema
  • Medos irracionais
  • Confusão mental
  •  Tremores de membros;
  • Pesadelos;
  •  Insónia;
  • Náuseas e vómitos
  • Hipotensão postural;
  • Confusão mental;
  • Convulsão
  • Aumento da temperatura corporal

Existem alguns hábitos que o podem ajudar durante a desabituação dos ansiolíticos, para reduzir os sintomas:

  • Tomar magnésio todos os dias (peça ao seu médico)
  • Praticar exercício físico diariamente, pois ajuda a aliviar a ansiedade
  • Praticar meditação ou Yoga
  • Consumir alimentos ricos em Ómega 3, como peixe e sementes de linhaça.

 

10 comentários a “Sintomas de Abstenção de Ansiolitícos

  1. Pingback: Tratamento da depressão

  2. Pingback: Efeitos secundários dos ansiolíticos

  3. Pingback: Acupuntura para tratar Ansiedade

  4. Pingback: Como fazer o Desmame de Xanax?

  5. Angelo Alberto

    Obrigado por estas informações, tomei dizepam 20 anos estou a tentar há 8 meses vou nos 3 mg é horroroso cortei para 1.25 não dormi durante 4 dias com tremores ansiedade máxima parecia. Que ia morrer subi para 4 mg dormi 6 horas penso em desistir. Que faço?

    Obrigado

    Responder
    1. Marta Reis Autor do artigo

      Bom dia

      É muito importante que o desmame seja feito de forma lenta para diminuir os efeitos da desabituação. Pode optar também por um apoio de psicoterapia durante o tempo em que faz o desmame. O exercício físico e os suplementos naturais são também essenciais +ara conseguir superar esta fase. Não desista, acredite que é possivel..tem de dar tempo ao tempo e ter muita força de vontade!!

      Responder
    2. Rafael

      Procure pelo metodo ashton, depois de tantos anos sua reducao foi muito rapida.
      Eu reduzi 0,5 mg a cada tres semanas e consegui me livrar de 20mg diarios em um ano e meio de desmame. Precisa paciencia e MUITA forca de vontade.

      Responder
  6. elisangela

    bom dia estou parando dr tomar alprazolam e estou sentindo pressoes na cabeca …
    li que parar de tomar alprazolam pode causar morte
    mas como assim?
    eu tomava 0.5 de manha e de noitr
    depois passei a tomar so de manha
    depois 0.25 de manha e 0.25 a noite
    depois algumas vezes 0.25
    faz duas semanas que nao tomo e as vezes tomo metade de 0.25
    uma dosagem baixa
    corro riscos?

    Responder
    1. Marta Reis Autor do artigo

      Ola. A redução começou à quanto tempo? Geralmente aconselha-se que o desmame seja prescrito por um médico especialista. Os principais riscos ocorrem quando a dosagem é alta e o desmame é feito de forma abrupta… Como já se encontra a tomar uma dose muito baixa deve manter o mesmo esquema. Se os sintomas ansiosos ameçarem voltar deve procurar um médico especialista.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *