Serei Bipolar?

Muitas das pessoas que sofrem de ansiedade, depressão ou ataques de pânico, já se perguntaram se sofreriam de Bipolaridade. Muitas vezes os sintomas são confundidos. A ansiedade muitas vezes leva a variações constantes de humor, o que não quer dizer que a pessoa seja bipolar.

A bipolaridade é uma patologia psiquiátrica que se caracteriza por variações acentuados de humor, alternando crises de depressão profunda, com crises de “mania” (termo médico utilizado para descrever fases em que o doente se encontra com um humor eufórico.)

As causas para esta doença são ainda um incógnita. Sabe-se que quem tem alguém com esta patologia na família tem maior probabilidade de sofrer dela. Existem também estudos que apontam para causas hormonais e alterações na fisionomia do cérebro.

A Bipolaridade geralmente é diagnosticada entre os 17 e os 25 anos, pois é quando se começam a notar as alterações no comportamento da pessoa.

Os sintomas desta doença variam consoante a fase em que o doente se encontra. Na fase depressiva os principais sintomas são:

  • Falta de energia
  • Tristeza e vontade constante de chorar
  • Sentimento de inutilidade e de culpa
  • Baixa auto-estima 
  • Pensamentos relacionados com o suicídio
  • Isolamento e inactividade
  • Lentificação motora
  • Dificuldade na concentração e no pensamento
  • Podem ocorrer alucinações auditivas negativas  (vozes na cabeça que criticam)

Na fase maníaca (eufórica) os sintomas são bem diferentes:

  • Sentimento de que se é capaz de fazer tudo (até voar, ás vezes)
  • Irritabilidade face ás outras pessoas e a pequenas coisas do dia a dia
  • Compulsão alimentar
  • Fala e pensamento muito mais rápidos
  • Energia que não se esgota
  • Menos necessidade de dormir
  • Despreocupação com os problemas
  • Tendência para recusar qualquer tipo de tratamento
  • Comportamento desinibido

As fases podem ter duração de semanas ou meses. Podem mudar devido a estímulos ambientais ou pessoas, ou sem razão aparente.

Existem também uma forma mais leve deste transtorno, a ciclotíma. Neste caso ambas as fases se manifestão na mesma, mas de uma forma menos marcada. Muitas vezes netses casos o diagnóstico é mal feito, confundindo-se com uma depressão.

Se acha que sobre de bipolaridade deve consultar um psiquiatra para ser avaliado. Este estudará os seus sintomas  e comportamentos para estabelecer este diagnóstico. Com a medicação adequada, os doentes têm uma estabilidade emocional muito maior, pois a doença é possível de controlar.

Se tem ou já teve pensamentos suicidas ou de morte, fale com alguém e encontre ajuda adequada. Mesmo que estes pensamentos tenham desaparecidos, eles podem voltar e tem de aprender a lidar com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *