Pensamentos suicidas – O que fazer?

As pessoas que sofrem de depressão ou ansiedade, geralmente em algum momento da sua vida pensaram ou pensam que a morte é a única solução para o seu problema, para o sofrimento porque estão a passar.

Os sentimentos de desespero, incapacidade, incompreensão e inutilidade, levam a pessoa a pensar que o melhor é por termo à vida. A pessoa sente-se como se mais nada pudesse levar à sua  recuperação. 

Geralmente os motivos que levam a pessoa a ter pensamentos suicidas prendem-se com o sofrimento emocional mas também com a necessidade de demonstrar aos outros este sofrimento. Sentem-se incompreendidos pela família e amigos e querem por temo a isso.

A evolução dos pensamentos suicidas passa muitas vezes pelas seguintes fazes:

  • Pensamentos acerca da ideia de morrer
  • Planos suicidas concretos
  • Gestos de auto agressão
  • Tentativa de suicídio

A probabilidade de ocorrer uma tentativa de suicídio é substancialmente maior nas pessoas que sofrem de depressão, particularmente as mulheres.

Existem alguns sinais de alerta que nos podem indicar que a pessoa está a pensar em cometer suicídio, tais como:

  • Apresentar uma grande tristeza, desesperança e pessimismo
  • Falar muito acerca da morte, suicídio ou de que não há razões para viver
  • Desfazer-se/oferecer objetos ou bens pessoais valiosos
  • Afastamento ou isolamento social;
  •  Ansiedade ou angústia permanente;
  • Auto-mutilação.

Se está a pensar ou já pensou em cometer suicídio, tem de procurar ajuda médica especializada. Além disto, existem alguns passos que deve seguir :

  • Fale com um amigo, conte-lhe o que se está a passar e porque pensa assim
  • Entenda as suas razões para pensar no suicídio
  • Avalie racionalmente as hipóteses que tem para além do suicídio
  • Pense nas pessoas que o rodeiam e que gostam de si. Como iam reagir? Iam-se sentir culpadas?
  • Evite ficar sozinho, não se isole!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *