Exercício respiratório para diminuir os sintomas da ansiedade

Muitas mudanças acontecem no seu corpo quando você fica ansioso. Uma das primeiras alterações é a forma como respira. A hiperventilação provoca um desequilíbrio de oxigénio e dióxido de carbono no seu corpo, provocando sintomas físicos de ansiedade adicionais, tais como tonturas, sensação de sufocamento, aumento da frequência cardíaca e tensão muscular, sintomas estes que promovem o disparo de um ataque de pânico.
Aprendendo a respirar de forma mais lenta e pausada pode ajudar novamente a controlar os seus sintomas físicos da ansiedade, sentidos em ambientes sociais.

Exemplo de um exercício respiratório que ajudará a diminuir os sintomas físicos da ansiedade e a manter a calma:

  • Deve sentar-se confortavelmente com as costas direitas e os ombros relaxados. Coloque uma mão no seu peito e outra no seu estômago.
  • Inspire devagar e profundamente através do seu nariz durante 4 segundos. A mão no seu estômago deverá subir, enquanto a mão que está no peito deverá mexer-se muito pouco.
  • Expire lentamente pela boca durante 6 segundos, deitando fora tanto ar quanto conseguir. A mão no seu estômago deverá mover-se enquanto dei- ta fora o ar, mas a outra mão deverá mexer-se muito pouco.
  • Continue a respirar pelo nariz e pela boca. Foque-se na manutenção de um padrão de respiração lento e profundo de 4-inspirar, 2-suster, e 6 ex- pirar.

Pratique este exercício várias vezes por dia.

1 comentário a “Exercício respiratório para diminuir os sintomas da ansiedade

  1. Pingback: Ansiedade e Palpitações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *