Ansiedade e Desânimo no Trabalho

Uma das consequências mais notadas pelas pessoas que sofrem de ansiedade é a falta de vontade para trabalhar. Muitas vezes um emprego que antes o realizava plenamente deixa de fazer sentindo, o que o faz sentir desanimado e diminui a sua proditividade.

Este sentimento constante pode levar ao aparecimento de Burnout, o síndrome de desânimo no trabalho. Os principais sintomas de burnout são:

  • Insónias
  • Problemas gastrointestinais
  • Dores de cabeça intensas
  • Dificuldade sexual
  • Dificuldades de concentração
  • Irritabilidade fácil
  • Conflitos com a família/amigos
  • Sensação de inutilidade
  • Alterações de humor

Quem sofre de burnout chega ao fim do dia a sentir-se esgotado e nível físico e psicológico e sem vontade de fazer nada. A sua vida pessoal e social é afetada e muitas pessoas acabam por desenvolver depressão.

Apesar de ser a solução que mais pessoas escolhem, mudar de emprego pode não resolver o problema. Primeiro porque pode não ser fácil encontrar um emprego que o satisfaça, depois  porque pode voltar a ocorrer o mesmo. É fundamental que recorra a um médico e procure realizar psicoterapia para aprender a lidar com esta situação e controlar a sua ansiedade.

Não vá adiando a situação, procure ajuda! Vai precisar de relativizar os problemas do trabalho para que não afectem a sua vida pessoal. Modere a exigência consigo mesmo e pense positivo! Estes são os primeiros passos para recuperar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *